quarta-feira, 16 de maio de 2007

1 de Julho


Os Alfacinhas vão a votos no pico do Verão quando alguns já estarão de férias. Parece-me uma boa ideia!! Espero que a Câmara de Lisboa tenha a decência de colocar umas urnas nas praias da linha e da costa. Quanto a candidatos, isto está interessante, pois há muita gente a dizer que não quer tal responsabilidade. Os políticos são muita coisa má, mas normalmente estúpidos é que não.

Antes de mais gostaria de dizer que não tenho tendências partidárias, não estou inscrita em nenhum partido. Aliás nem gosto de políticos em geral. Para mim são uma classe de pessoas com características muito próprias e não se dividem em esquerdas e direitas mas sim em: assim-assim, maus, muito maus. Não, não há bons políticos, esses não sobrevivem no meio. As leis de Darwin são implacáveis e uma pessoa com princípios e/ou coração não passa do primeiro mês. Por outro lado, não me importava de ser política, não era priciso ser ministra, bastava-me deputada, algo low profile que não me pusesse muito na ribalta. Assim eu poderia ganhar o meu descansadamente sem grandes receios. Eles têm uma rica boa vida, como é do conhecimento geral, reformam-se cedo. Eu cá não me importava.

Agora os candidatos:
Depois de Fernando Seara e Freitas do Amaral terem recusado, o PSD lá arranjou o António Negrão, ex-director da PJ. Nitidamente uma solução de recurso, na verdade queriam a Manuela Ferreira Leite mas esta obviamente deu-lhes com os pés. O que o PSD lhe fez foi muito feio e o PSD pagou bem caro por isso. É bem feita!! Ela é ali a única com tomates e só tenho pena que à frente do Partido esteja o “Ganda Nóia”. O Marques Mendes não sabe que há um limite mínimo de altura para se ser Primeiro-Ministro?
O PS para ter candidato teve de abdicar do ministro de Estado e da Administração Interna. Cá para mim António Costa desce de cavalo para burro. Mas assim não se pode dizer que o PS não tem um candidato forte, não é verdade? Não sei o que é que o Sócrates lhe disse mas lá o convenceu a abdicar da pasta. O Sócrates tem jeitinho pá coisa, olhem que arrancar uma pasta a um ministro não é a mesma coisa que tirar um curso na UNI!! O novo ministro é Rui Pereira, ex-juiz do Tribunal Constitucional, nunca o vi mais gordo, mas eu também sou um bocado distrída nessas coisas.

A Helena Roseta lá vai como independente. A ex-namorada do Manuel Alegre indignou-se, e se calhar não estava à espera de ir concorrer contra o António Costa, e decediu ir de cabeça erguida para uma batalha que perderá certamente. Conheço-a mais dos comentários na TV que pelos seus feitos políticos, não é necessariamente um bom sinal...

Dos outros partidos ainda nada se sabe mas provavelmente mantêm os candidatos das últimas eleições. Como correu tão bem da primeira vez...


Quanto à campanha proponho que os partidos em vez de oferecerem canetas e auto-colantes, paguem antes umas rodadas de jolas e caracóis ou então gelados. A malta vai andar encalorada e sempre conseguem juntar pessoal ali à volta e não estão a falar para o vazio.

1 comentário:

Headache disse...

Gelados e caracóis é bem!