quinta-feira, 17 de maio de 2007

Desporto de Verão - Parte II

Pois é, os patins ainda serviam, mas as rodas rolarem, é que nem por isso. Tinha de fazer um esforço enorme para percorrer uns míseros metros. Eles sempre foram assim, eu é que já nem me lembrava. Não se nota muito quando se patina no perfeito chão do meu ringue de infância, aka varanda, mas ao passar a mão pelas rodinhas, via-se que estas não demoravam uma eternidade e um dia para parar. E a pala que me esmagava a parte de cima dos pés? Bolas, se eu andasse com aquilo muito tempo ia ficar com poucas dores, ia... Já para não falar das rodas, duras que nem cornos de cabra velha! Era só terem um encontro imediato com uma pedrinha e lá fazia eu um vôo à la João Pinto.
Resultado: Corri até à Decathlon e comprei uns patins em linha, novos, lindos, com plataforma em alumínio e rodas de 80mm. São cinzentos com umas pinceladas de branco e umas pintalgadelas de encarnado.
Agora vamos ver se não me mato. É que com os outros, a baixa velocidade permitia que os meus reflexos entrassem em acção, corrigindo o meu equilíbrio e evitando uma espalhafatosa queda.
Aqui em baixo está a foto que tirei do site, a diferença é que os meus são MUITO mais bonitos porque não têm esta miscelânea de cores de amarelo e cor-de-laranja.


Sem comentários: