terça-feira, 5 de junho de 2007

A vida dos outros também dá um filme - "Fénix"


Ora porque os gajos têm e terão sempre uma criança dentro deles, gostam de brincar com aviões mesmo quando já têm quase 30 anos (eles, não os aviões). Reconto (atenção, vou acrescentar uns pontos) aqui a história que aconteceu a um amigo meu. Prefiro não revelar a sua verdadeira identidade, mas vamos "baptizá-lo" de Dennis (ver classificação).
Há cerca de dois anos atrás foi-lhe oferecido um avião eléctrico telecomandado. Após muito trabalho e paciência o Dennis lá terminou a complicada montagem do brinquedito a que chamou de Fénix. Ficou uma obra de arte! Deu muito trabalho e tomou muito tempo mas valeu a pena!! Não se viam bocados de cola a escorrer, os traços vermelho e preto que percorriam o avião branco de lés a lés ficaram direitinhos, o leme dourado... Um espectáculo! Aqui vê-se que realmente, estes aparelhos não são para qualquer criança, são só para crianças grandes.

No dia do vôo inaugural, o nervosismo era muito, mas o dia banhado de sol implorava ser o escolhido para ver Fénix conquistar os céus. O Dennis entusiasmado não esperou mais que 30 segundos para ver Fénix espetar-se no meio do chão como se de um objecto sem uma gota de aerodinâmia se tratasse. "Mas que raio", pensou ele. Dennis esteve a matutar ainda quase meia hora, deu voltas e voltas, a pensar no que poderia ter feito de errado. Ao fim deste tempo de reflexão decidiu "vou tentar outra vez desta vez mas desta vou pô-lo a voar à mão". Após um breve momento de concentração em que sentiu uma suave brisa refrescar a sua cara, Fénix foi lançada... e andou mais 50 metros, a brisa na verdade era vento, virou a maquineta, aterrou de focinho e KAPUT. Dennis ficou com 4 aviões: uma cauda, um nariz e duas asas. Como Fénix que era, Dennis ainda teve a esperaça de ver um renascimento das cinzas mas acabou por ser um método simplificador de deitar Fénix no lixo (as asas não cabiam na conduta e assim em pó foi muito mais fácil).

Conclusões:

-se queres um avião, compra um de jeito; senão o motor não tem potência suficiente e entra em perda facilmente

-gajos, cresçam!!

Sem comentários: