terça-feira, 27 de novembro de 2007

Tesco (will) rule the World

Constantemente falo do Tesco prá qui e o Tesco prá coli e a maior parte de vós não deve fazer a mínima ideia do que é isto do Tesco. O Tesco não é um simples supermercado, o Tesco é muito mais do que isso. O Tesco vende tudo aquilo que podemos encontrar num Jumbo ou Continente, mais um trilhião e meio de coisas que nada têm a ver com supermercados, nomeadamente: óculos graduados (têm pessoas lá para fazerem testes), seguro para o carro, para a casa, empréstimos, telemóveis, telefone e internet (rede Tesco) and soyone and soyone.
Tal como os outros supermercados, vocês pensam que o Tesco tem uma marca própria, não é? NÃO, o Tesco tem DUAS marcas próprias: Tesco e Tesco Value, que é como quem diz: barato e preço estupidamente irrisório. As diferenças de preço entre outras marcas e as marcas Tesco variam consoante os produtos mas, do que tenho reparado, as diferenças costumam ser significativas, ainda mais se estivermos a falar de produtos Value.
Quanto à qualidade dos produtos, tenho de admitir que Tesco abunda cá em casa, nomeadamente: produtos de limpeza, leite, cereais de pequeno almoço, chá Superfruits e não tenho razões de queixa. Aos Tesco Value já franzo o sobrolho, porque aquela embalagem branca que apenas diz Tesco Value a azul e branco tem um ar mesmo roskof. À excepção da almofada, que me custou £1,5; as da Tesco custavam para cima das £35 e eu não achei que fosse uma diferença aceitável. Tenho de dizer que foi uma excelente compra! Na altura pensei que, também se não fosse boa, ao menos só me tinha custado meia dúzia de tostões e sempre serviria de encosto.
Lembrem-se que UK é caro e o slogan do Tesco é exactamente “Every little helps”, com o qual tenho de concordar pois consigo arranjar coisas a preços não muito diferentes do nosso Portugal. A campanha de Natal põe as Spice Girls a fazerem as suas compras (umas para as outras), quase a cruzarem-se mas há sempre uma que vê a outra e por isso esconde-se antes de ser vista. Ou seja, cada uma viu as outras, mas as outras não a viram... isto percebe-se? O que não acho lógico no anúncio é que dá a imagem de que uma pessoa deve ter vergonha de ir lá às compras pois não quer que ninguém a veja.
A razão do título prende-se com o facto de o Tesco querer conquistar o mundo, não só parece querer deitar abaixo todas as outras marcas com os seus preços baixíssimos e variedade de produtos, como já abriu lojas nos USA.

Sem comentários: