domingo, 13 de janeiro de 2008

O Primeiro Imperador

Aqui vai o up-date do post com as prometidas fotos.

Hoje acordei cedo, cedinho e "corri" até ao British Museum. Isto porque, excepcionalmente neste fim de semana, estavam disponíveis 1000 bilhetes por dia, em vez dos habituais 500, para a exposição "The First Emperor - China's Terracota Army". Claro que há possibilidade de comprar bilhetes com antecedência, estes números referem-se aos que são postos à venda às 9 da matina de cada dia. Contudo, os bilhetes com pré-marcação são para horas pouco próprias: 8, 9 ou 10 da noite... Isto porque a exposição fecha à meia-noite!! Cheguei ao museu ainda não eram 10 e não havia sequer fila de espera para comprar bilhetes. As pessoas iam chegando mas eram imediatamente atendidas. (Nada mau!!). Consegui um bilhete para a 1pm! Visto que não tinha injectado qualquer cafeína para o meu sistema, saí do museu e atravessei a rua para ir ao Starbucks. Após a ingestão de Cappucino Grande volto a entrar no museu por onde vou vagueando. Por volta das 12am almoço e sento-me a descansar: o museu é grande e quero ir repousada para ver o exército do imperador.
Levei quase 2 horas a ver a exposição. É um espectáculo!! Não fazia ideia da dimensão do túmulo, do vasto número de poços onde se encontram várias estátuas, que ele tinha unificado a China, que ele também construiu uma muralha, de como eram evoluídos e de que o túmulo, de que há rumores que lá correm rios de mercúrio, ainda não foi aberto!! Aguarda-se que a ciência desenvolva um método não invasivo para descobrir o que está lá dentro sem que se tenha de abrir o túmulo mais antigo da China. Quanto aos poços, são mais de 300 e contêm variadas figuras: guerreiros, pássaros, acrobatas... divididos por poços, sendo o dos guerreiros o maior. Bem, o melhor é mesmo darem um salto cá a Londres até 6 de Abril; ou então vão a Xianyang, se tiverem possibilidade. Como não se podia tirar fotos do interior desta exposição (se quiserem vão a este post para ver algumas das figuras), posto aqui umas fotos do resto do museu, que também vale a visita:


A entrada do museu coberta de publicidade e o íman que eu comprei:

2 comentários:

Dualidades disse...

Por acaso não está previsto essa exposição vir a Lisboa? :o)

Dualidades JP

wednesday disse...

Estás a fazer-me inveja... :(

E o pior é que o meu namorado foi ontem para Londres com os pais, passear, e eu fiquei cá a trabalhar... :(
Já tenho saudades de voltar a Londres.