quinta-feira, 1 de maio de 2008

6 meses

Faz hoje EXACTAMENTE 6 meses que cheguei ao UK. Deixei uma vida em Portugal e dei início a uma nova etapa, um novo capítulo. Dia 1 de Novembro de 2007, quinta-feira, cheguei a Heathrow acompanhada pela minha meia-laranja. No dia 5 desse mês comecei a trabalhar neste novo emprego, nesta empresa, conhecendo os novos colegas. Hoje o meu Manager fez o 6 months appraisal e correu tudo (mesmo) muito bem. Apesar de nem sempre ser fácil estar longe do meu amor, da minha família e dos meus amigos, a realização profissional tem tido efeitos muito positivos em mim. Não cura, mas ajuda, digamos assim. Fica mais fácil estar longe porque se está bem, melhor, tão bem como nunca se esteve ou se pensou estar num emprego. Gosto da vida que tenho aqui e adoro o meu emprego, os meus colegas, o meu chefe. Vejo-me a ficar aqui mais uns anos apesar da chuva, do frio. Contudo a distância de algumas pessoas à vezes faz-me colocar questões... Mas sei que é aqui que devo ficar, pelo menos agora, pelo menos por enquanto...

6 comentários:

Wask disse...

eu tambem ando de olho na Street & Studio...
Podemos combinar depois irmos em grupo :P
bjokas!!!

wednesday disse...

Então se o balanço é assim tão bom, pensa mesmo no que queres para o futuro... Quem sabe o teu miúdo não se muda para aí também... São as desvantagens dos empregos lá fora, especialmente para nós que vivemos no cantinho da Europa.

Kuki disse...

E será ainda melhor se conseguires conciliar tudo! Boa sorte! :)

Maria do Consultório disse...

E sabes que te admiro muito pela tua coragem de deixar tudo para trás?
Beijo

Restelo disse...

Wask: e porque não? Combinaremos isso sim sinhora!
Wed: o meu miúdo lá vai tentando...
kuki: claro, espero ansiosamente por esse dia!
Maria: MUITO OBRIGADA pelo elogio!

Magucha disse...

Não é fácil deixar o país e ir viver e trabalhar para outro. Não tem nada a ver com ir de férias...

Eu estive 6 meses fora quando fiz o estágio. Acho que o que me custou mais foi voltar para lá depois de ter vindo a casa nos anos. Estava a adorar o estágio, as pessoas, mas faltava algo.

Coragem para a tua estadia aí na bretanha, e que tudo corra melhor do que agora! :)