quinta-feira, 5 de junho de 2008

O prometido é devido (Crítica ao SATC)

ADOREI o filme Sex and the City! Quanto à história, foi perfeito, foi tudo aquilo que devia ser. Quanto às actrizes, acho que esperaram demasiado tempo para o fazer e os sinais da idade já eram bem notórios. Acabo por comparar este filme um pouco ao dos Simpsons (apesar de estes terem a sorte de nunca envelhecerem), porque ambos derivaram de séries televisivas que duraram muito tempo. Como tal, que mais se pode fazer quando já se fez tudo? Um episódio muito grande! Acredito que algumas pessoas esperassem mais e por isso saiam decepcionadas, mas não deviam, pois ambos os filmes estavam perfeitos face à série que os precedia.
Chorei, tenho de admitir e não me lembro da última vez que tinha chorado no cinema. Não consegui conter a lágrima que me escorreu pela face. Acompanho esta série há muito tempo e já a devo ter visto umas 3 vezes. São as minhas 4 meninas. Eu sou uma e as minhas 3 amigas são outras. Porque apesar de fantasia não deixa de me fazer pensar, porque sou uma pateta romântica, porque sou...
Nunca tinha visto um cinema tão cheio de mulheres! Nunca tinha ido ao cinema no UK. Nunca tinha ido a Reading. Foi uma noite cheia de coisas novas! Cinemas no UK são mesmíssima coisa com a desvantagem de anunciarem que o filme começa às 19h30 mas na verdade só começa às 20h05 por causa da publicidade. Sim, 35min de espera ao invés dos habituais 5 a 10! Achei absolutamente ridículo! Ainda para mais, 60% desse tempo é publicidade e só 40% é que são apresentações dos novos filmes! Contudo, devo dizer que adorei Reading e só fiquei a pensar que não me importava nada de viver ali. Aquilo é bem bonito! Os prédios, as ruas, as lojas...

1 comentário:

Headache disse...

Reading? A capital do hooliganismo britânico...?

Nah.....