quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Ai a porreta!

Porque é que demoraram 4 meses a fazer uma coisa segundo uma recomendação minha?
Porque é que me pediram para testar 300mil coisas se afinal não iam usar as conclusões?
Se uns têm provas de uma coisa, outros têm provas de outras. Visto que são provas de coisas diferentes porque é que uns estão certos e os outros "devem ter tido sorte"?
Se já sabiam o que queriam que seja feito, porque é que me perguntaram a opinião?
Se em Junho certos resultados eram "muito recentes" e não foram apresentados porque é que na última reunião e na que está prevista resultados com metade (e mesmo 1/4) de tempo já não são "recentes" e por isso são mostrados?

Tenho a impressão que nesta história eu sou enteada...

Sem comentários: