terça-feira, 10 de março de 2009

Confused.com

Estou mais baralhada que alguém que acabado de sair da montanha-russa com mais loopings à face da terra.

Vim para aqui à procura de um sonho, um sonho que havia sido acordado que seria tornado realidade. Houve compromisso parte a parte em certos aspectos, mas do sonho de trabalhar em R&D eu não abdiquei. A verdade é que um emprego que me faça feliz, é muito importante para o meu bem-estar.

Contudo, a distância não faz bem a nenhuma relação e neste caso foi fatal...

Já lá vão uns bons meses desde a separação e ainda mais desde que vim para aqui. Acho que me começo a sentir um pouco "só", mas também não quero estar com alguém "só por estar", porque sei que a minha paciência é pouca e esgota-se depressa. Sabe bem saber que há alguém que se preocupa, que está lá para nós, mas se é uma seca quando nós temos de lá estar para essa pessoa é porque algo não está bem. Também não quero voltar à mesma espiral de "estar com alguém" com quem "não estou". Mas também não quero estar sozinha. Contudo está-me a parecer que vamos para a hipótese 3 que é ficar como estou...

16 comentários:

Lovelondon disse...

Para nos sentirmos sozinhos basta não estarmos bem ás vezes rodiados de muitas pessoas que gostamos tb conseguimos estar sozinhos... Dias melhores se aguardam.

Fénix Renascida disse...

Acho que Sexta vamos ter uma "girly talk" (tu e eu) e por toda a conversa em dia...

PsiPages disse...

Melhores dias virão...
E concordo contigo, relações à distância são mesmo uma ilusão!

Boo disse...

Confesso que ja pensei se no "setting" que te encontras sera facil encontrar um alguem, um amigo especial, mas acredito que o que tem de ser tem muita forca(nao gosto nada desta expressao, mas toma la) e que o destino se encarreguera de te encaminhar para o sitio certo.

Muitos beijos

Oral disse...

Informação de última hora! Comédia portuguesa em Londres! É já dia 26, bom e barato! Todas as informações aqui!

http://tugaemlondres.blogs.sapo.pt/62441.html

Oral Tour 09

Madame Butterfly disse...

Pelo menos, fiquei a saber que não sou a única alma complicada a existir por aí. E se não resolve os meus problemas, pelo menos reconforta-me:)))

jojo disse...

Vai para o Ceroc.
Dançar faz bem ao espírito.
:D

souassimedepois disse...

Eu ao fim de 8 anos de relação já começo a duvidar se não será sempre assim... um habituar à relação. Por mim falo já terminei com ele duas vezes e dali a 6h estava a ligar-lhe: Desculpa...
Relações à distância são complicadas mas não impossíveis, pelo menos eu quero acreditar nisso.
E para mim há dois anos atrás um emprego que me fizesse feliz era o essencial... já cansei... não encontro!

Luazinha disse...

Infelizmente nós nunca estamos contentes a 100% com aquilo que temos, pq infelizmente temos a tendencia de apenas pensar na parte negativa da "coisa"...e esquecemos que por vezes a "situação" em que nos encontramos tem muitos pontos positivos!! É nesses pontos que te tens de focar para estares bem contigo mesma!!
Uma relação á distância acredito que não seja fácil de gerir. Felizmente nunca passei por isso... Mas garanto-te que mesmo com uma relação estável á 5 anos e com uma vida em comum lado a lado mtas vezes me apeteceu estar a milhares de kms de distancia... por isso te diga, longe ou perto nunca é fácil alcançarmos aquele estado de leveza que todos nós buscamos!!
Acredito q sejas uma miuda cheia de força, pq só o facto de ter ido para ai já mostra que "os" tens no sitio, portanto, acredito que onde o coração te levar, vai ser concerteza o sitio certo!! GO GIRL!!!
E entretanto, isto tornou-se um pouco longo demais!!! Upsssssssss....
Kiss

Claratje disse...

Olá!
Costumo seguir o teu blog e hoje decidi comentar...
Apesar da minha relação não ter resistido à distância eu continuo a acreditar que as relações à distância são possíveis, claro que exigem mais esforço, claro que exigem coisas diferentes, mas se ambas as pessoas estiverem empenhadas, se ambas as pessoas quiserem mesmo aquela relação então não há desculpas para as coisas não funcionarem... Só há que saber tirar partido da "coisa"
Eu tambem acho que estar com uma pessoa só por estar, só por se ter medo de ficar sozinha é errado; e estarmos-nos a enganar a nós próprias e ao outro! Não e que dessa relação não possa nascer algo forte, mas eu acho que as coisas quando tiverem que acontecer acontecem naturalmente, sem forçar sentimentos, sem forçar relações... Se agora estivesses com uma pessoa só por estar se calhar não darias o melhor de ti e isso influenciaria o futuro da relação...
Antes do meu ex-namorado eu estive sozinha muito tempo, por opção, por gostar de alguem que não gostava de mim e quando conheci o N. achei que ele era o tal... mas enganei-me! Estivemos juntos durante um ano mas durante esse tempo eu sempre soube que gostava mais dele, que faria mais por ele e foi por isso que me comecei a questionar e foi por isso que num momento menos bom acabei com ele. Mas eu espera que ele lutasse por mim, por nós, mas não o fez... partiu para outra e deixou-me sozinha, triste e desamparada. Sinto a falta dele, e muitos perguntam será a falta dele ou de ter alguem! Sinceramente não sei... só sei que se ele me pedisse eu ia a correr, isto apesar de saber que ele nunca gostou verdadeiramente de mim... Só sei que tenho saudades de ser abraçada... Mas tambem não quero arranjar alguem só por arranjar! Quero estar com alguem de quem eu goste verdadeiramente! Eu continuo a acreditar que algures esta o principe encantado só temos que ter paciência e saber esperar...
Beijinhos

Muñeca disse...

Bem...comigo as relações funcionam bem melhor à distância. Parece que a chama fica mais forte, não sei...
Mas no fim, lá está...Aqui estou solteririnha (mas feliz).
Don't worry...Tudo há-de correr pelo melhor!

Júlio disse...

Acho que já tinha percebido por algo que li aqui há uns tempos que a tua história é parecida com a minha, só que contada pela outra parte...

Actualmente sinto-me um pouco como tu, mas prefiro não me ralar muito. Se e quando tiver que acontecer algo de novo, cá estarei para ver.
Não acredito é em fórmulas nem frases mágicas, uma relação à distância tanto pode resultar como não resultar. As relações 'sem distância' também... Cada um é como é.
Quanto a ti, olha, quando não estiveres à espera, algo acontece.
**

Margarida disse...

É pá, eu tenho uma relação à distância, mas sinceramente duvido muito que a maioria das pessoas a tivesse como eu. Acho que sou muito sádica.

Sabes o que precisas? Speed dating. Nem mais. Eu adorava fazer, acho que deve ser super cómico, mas não posso - desvantagens de ser comprometida :D!

Por isso tu APROVEITA! :D

Margarida disse...

Eu acho que queria dizer muito masoquista! :D Pronto, fugiu-me a boca para a verdade! Sou ambas as coisa! :D

bela disse...

Como eu te compreendo...Eu sinto muito a falta de alguém...É bom estarmos sozinhas mas também sentimos falta daquele abraço, daquele beijo, daquele conforto...Eu sinto muito mas não sou capaz de me envolver com alguém...É que na verdade, eu não sinto falta de alguém, sinto falta do meu ex namorado...mas pronto é dar tempo que as coisas acontecem...Boa sorte beijinho

Filipa disse...

O´pequenina, esses dias dão a toda a gente, é normal q te sintas assim de x em qdo, mas tens de afugentar essas energias negativas e pensar em tudo o ke é bom; começando por ti! Es uma pessoa fantastica, bonita, inteligente e divertida!
A viveres numa cidade fantastica, com um emprego fabuloso! Head up Girl :-)
Beijos grandes com saudades
Filipa