segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Outubro

Entrámos no último trimeste do ano. É incrível como o tempo voa. É incrível como falta tempo para viver. Às vezes tenho a impressão que estou a passar ao lado da vida. Quando olho para trás, vejo tempo que passou, o que fiz e o que gostaria de ter feito. E há uma diferença, um delta maiúsculo que impõe a sua grandeza. Por vezes arrependo-me de coisas que não fiz, de coisas que podia ter feito e na altura optei por não as fazer. Depois apercebo-me que não devo pensar assim. Porque se escolhi um caminho, foi porque na altura me pareceu o mais correcto e não vale a pena "chorar sobre leite derramado". Tenho é de aprender a viver com essas escolhas e tirar o melhor partido da vida sem me lamentar. Olhar em frente, continuar a ter força e esperar por dias cada vez melhores. Elle n'est pas belle la vie?!

Sem comentários: