quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Home, bitter sour home (II)

Continuação do que eu escrevi aqui.
A caldeira voltou a não arrancar hoje de manhã e agora à tarde. Tem sido assim nos últimos tempos, ora liga, ora não liga... Como tal, estou enrolada numa manta polar, por cima de uma camisola do mesmo género com os dedos gelados enquanto o aquecimento eléctrico vai fazendo o que pode aquecer o meu cubículo. Hoje de manhã custou-me tanto a sair da caminha quentinha...
Entretanto não sei o que se passa com as lâmpadas desta casa. Já se fundiu mais uma, desta vez foi a da mesa de cabeceira por isso nem teve nada a ver com o quadro disparar. Qualquer dia estou às escuras... No inicio eram 5, agora já so tenho duas lâmpadas para me iluminar a sala/quarto.

2 comentários:

Dualidades disse...

E mudar de casa, não há hipótese?

Dualidades JP

Restelo disse...

Contrato de 12 meses, contudo posso deixá-la ao fim de 6 desde que dê aviso prévio de 2 meses. Estou cá desde 17 de Novembro, por isso, é só fazer as contas. Tão depressa não me livro disto. Além disso, por cada novo aluguer tens de pagar à agência um dado valor, que inclui o contrato e as fees deles, isso ronda as £200. É um custo que ninguém quer ter com frequência, claro!