sexta-feira, 2 de julho de 2010

Quase boa (cenas pouco simpáticas de ler)

Bem, que grande aventura esta 3ª feira!
De 2ª para 3ª não dormi nada, o que deu pouco jeito porque tinha de acordar às 4 da matina pois tinha um táxi à porta às 5h para me levar ao aeroporto. Saio da cama assim a atirar pró mal disposta e lá se veio o jantar do dia anterior... Pensei que era por isso que não tinha dormido e a partir de agora e correr tudo muito melhor. Estava tão enganada...
Sento-me no meu lugar à janela no avião depois de ter tomado um chá de camomila e sinto uma sede desgraçada e umas cãibras no estômago fortíssimas. Peço um copo de água à Stewardess da KLM a qual a partir de agora passarei a denominar A CABRA. Pois A CABRA fez uma cara de muito chateada e disse que só serviam bebidas depois de levantar voo.
Contorci-me em dores com uma vontade de dizer "parem que eu saio" enquanto a caixa metálica passeava pelas estradecas do aeroporto. E acham que assim que estávamos no ar ela me veio trazer o que lhe tinha pedido. CLARO QUE NÃO! Foi passado montes de tempo, já todos os outros passageiros nas filas a frente terem sido servidos e o facto de eu tar com "ar mais para lá do que para cá" não lhe fez diferença nenhuma.
Peço-lhe água, coca-cola (olha a bela da publicidade), e um saco para o enjoo. Ela faz uma cara de muito chateada e diz que os sacos estavam nas casas de banho e que tinha ali o trolley e não podia fazer nada. Eu já devia tar a fazer uma cara de "você deve estar a gozar! quer que eu vomite aqui em cima de toda a gente?" quando o senhor que estava no lugar do corredor me passou o dele (eu verifiquei que não tinha nenhum no bolso em frente, claro). Vá lá não precisei dele... A água ajudou imenso e senti-me muito melhor.

Depois destas aventuras todas, lá fui de comboio com a minha colega até aos escritórios em Amesterdão, tive a reunião até às 4 e voltei. Acho que se  não a tivesse visto antes de embarcar nem tinha entrado no avião.

No regresso, peço ao chauffer para me deixar no Walk In Centre, onde são maioritariamente enfermeiras que atendem mas há sempre um médico de serviço. Ainda tinha dores no estômago e algumas cãibras e só queria que me dessem qualquer coisa para isso passar. Depois de esperar 1h lá fui vista. A enfermeira fica com dúvidas, chama médica, que também tem dúvidas e sou recambiada para o Wexham Park Hospital por suspeitas de Apendicite com indicações para ser vista de imediato pela equipa de cirurgia.

Claro que "imediato" é uma maneira de dizer e acho que só devo ter sido vista quase 45min depois... Felizmente acharam que era outra coisa que não apendicite (que se confirmou) mas lá estive umas horas e fluidos e paracetamol depois de uma bela injecção para o enjoo que doeu comó caraças! Depois de receberem os resultados das análises confirmaram que não era apendicite e que me podia ir embora mas assim que me levantei senti-me mal por isso lá levei mais uma injecção... Disseram que podia ficar la a noite se quisesse, mas teria de ir para outra enfermaria. Preferi vir-me embora mas a verdade é que fui muito bem tratada. A enfermeira era simpática e lá me trouxe um cobertor quando ficou mais fresco. A médica era uma querida e a ala estava calmíssima. Às tantas esteve lá uma senhora mais o marido e a filha mas saíram antes de mim.

Do mal o menos, descobriram o que tinha e trataram-me para tal.
4ªf fiquei em casa e 5ª fui trabalhar (apesar de me terem dito para não o fazer) porque tinha uma reunião muito importante. Não foi fácil, mas lá se fez. Hoje já estou muito bem. Woop woop!

2 comentários:

C. disse...

O que importa e' que estas a recuperar :) As tuas melhoras!

jojo disse...

não quererás dizer "cólicas" em vez de caimbras?
eu levei algum tempo a perceber que quando os bifes se queixam de cramps na barrigas afinal estão é com cólicas.