domingo, 4 de julho de 2010

Sábado @ LondON

Primeiro paragem na Gagosian Gallery para uma fantástica exposição de Picasso.
Seguida de uma decepcionante New Brittania na Saatchi Gallery. Eu espero bem que "Britain has got more talent than that" porque o que vi era uma desgraça...
Finalmente fui ouvir uma amiga minha tocar viola (não é a viola em Português, é um instrumento que é pouco maior que o violino mas que eu não sei como se chama em Português) num concerto da orquestra Sinfonia Tamesa. O programa era: Shostakovich - Symphony 9, Grøndahl - Trombone Concerto, Arnold - Symphony 8 e teve lugar na St John's Church em Waterloo. Shostakovich é assim tipicamente Rússia em tempos de guerra, não amei, mas não desgostei. Arnold é sem dúvida diferente e percebe-se porque é que esta sinfonia só foi tocada 4 vezes no mundo... Barulhento, muito barulhento, e isto estou eu a dizer depois de Shostakovich só para terem uma ideia! O primeiro movimento é menos maui pois parecia que estava num filme de Hitchcock mas os restantes... não... O Concerto para Trombone foi sem dúvida o que mais gostei, em parte porque é um instrumento que não se costuma ouvir solos. Aqui fica o primeiro movimento:

3 comentários:

Cat disse...

Em português, viola também é uma espécie de violino. Nós é que temos a mania de chamar viola à guitarra. :)

Cat

headache disse...

Em caso de dúvida, escreves viola (ou outra coisas da qual tenhas dúvida) na wikipedia inglesa e depois na barra à esquerda mudas a lingua para português.

Restelo disse...

Prontos, como a Cat disse, também se chama viola em português (confirmado pela Wiki, essa fonte de conhecimento), mas eu cá vou deixar o meu texto como está porque tenho a certeza que 99% das pessoas vão pensar que ela toca guitarra...